A.P.P.A.C.D.M. 

Instituições
» Junta de Freguesia
» Casa do Povo
» Escola
» Unidade de Saúde
» A.S.A.C.
» A.C.R.A.C.
» Igreja
» 1514 - Associação Cultural Avelense
» Farmácia
» CTT - Posto de Correios
»
A.P.P.A.C.D.M.
» Casa Cultural
» Sons de Avelãs
» Escolinha de Música
» Arquivo da Junta

Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental, constituída em 30 de Novembro de 1989, Instituito Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, nasce na nossa Freguesia por iniciativa do seu ainda hoje presidente Acácio dos Santos Lucas e pela necessidade urgente em haver no nosso concelho, uma Estrutura Educativa de Apoio à Pessoa com Deficiência, uma vez que existem no concelho de Anadia e nos concelhos vizinhos da Mealhada e Oliveira do Bairro, cerca de duas centenas de crianças e jovens com deficiências de vária ordem e não haver qualquer tipo de apoio aos mesmos.

Assim e criada a Associação, no dia 22 de Janeiro de 1990, entraram
em funcionamento pleno as valências do Centro Educacional e do Centro Ocupacional, tendo estes sido iniciados com 16 utentes, dando hoje apoio a um total de 183 crianças de ambos os sexos.

A Instituição tem a sua sede em edifício construído para o efeito, onde, além dos Serviços Técnicos e Serviços Administrativos, funcionam o Centro Sócio - Educativo, parte do Centro de Actividades Ocupacionais, e apoio logístico à área de agricultura e carpintaria. Do património constam ainda, três áreas residenciais, uma quinta com 10.000 m2 e um espaço destinado formação profissional - área de carpintaria. Tem ainda em construção em edifício destinado a um centro de reabilitação para os deficientes, do qual consta um tanque - piscina - de aprendizagem e salas de fisioterapia.

Todos os utentes possuem na sua estrutura funcional, problemas do foro psíquico, emocional e físico bem como alterações de ordem orgânica que provocam diversos tipos de deficiência mental. Neste campo há causas do foro orgânico, tais como, lesão cerebral, disfunção neurológicas, alterações cromossómicas e causas patológicas, originando handicaps intelectuais e físicos mais ou menos profundos.

Atende, ainda, sujeitos portadores de doença mental, principalmente casos de psicose pela via deficitária, cuja causa é desconhecida mas tendo, quase sempre, associado uma família problemática.

De salientar, que a APPACDM é pioneira a nível nacional no apoio domiciliário a jovens com deficiência mental grave com idades superiores a 24 anos, tendo presentemente 20 jovens a seu cargo neste tipo de apoio.

Pioneira também o é a nível de fisioterapia através de equitação, para o qual conta com três cavalos à Instituição oferecidos, bem como com a preciosa ajuda da GN
R de Anadia que semanalmente, com os seus cavalos, colabora na parte de fisioterapia, com resultados bastante apreciáveis para os deficientes, especialmente na paralisia cerebral, reabilitando-os na vertente psicológica que Ihe fortalece a auto-estima e o auto-controle e na vertente fisioterapeuta, que Ihe permite a melhoria do equilíbrio, coordenação e simetria motora.

Para as seis valências que possui, a Instituição tem ao seu serviço mais de meia centena de funcionários, os quais, zelosamente, fazem um trabalho de autêntico sacerdócio.

Ocupando uma área de cerca de 15.000 metros quadrados tem um gasto que, mensalmente, ultrapassa os 125.000 Euros, valores suportados além de outros, por contributos do Centro Regional de Segurança Social, PIDDAC, e F.S.S., cota dos sócios, autarquias e Câmaras, bem como de muita gente anónima, da qual se inclui a dos EUA e Luxem
burgo.

A APPACDM, presentemente possui delegações em Casal Comba-Mealhada e Vilarinho do Bairro, as quais prestam também serviços a utentes deficientes, no âmbito do estabelecido pela casa mãe, com resultados bastante positivos.

A APPADCM teve o seu começo com 10 sócios, contando presentemente com um número superior a 150, muitos dos quais somente com o character solidário.

A promoção de uma política de saúde mental, encaminhamento, integração sócio-profissional e qualidade de vida digna, continuam a ser, sem dúvida, a meta final de todo o trabalho da APPADCM. Para tal, torna-se imperioso a criação de novos espaços, com dimensões e qualidade de acção ao fim que se destinam, estando a Associação a empregar os seus melhores esforços na resolução dos mesmos.

top

 
 
 
 
     
Online: 54
http://avelasdecaminho.pt  -  Junta de Freguesia de Avelãs de Caminho
Powered by niceoffice, All rights reserved.
Generated page in 0.00996 seconds
niceday